terça-feira, 14 de agosto de 2018

Política


Anciões de Begene reafirmam confiança política no deputado  Adulai Sow

Bissau,14 Ago 18 (ANG) – Mais de uma centena de anciões do Círculo Eleitoral 19, que compreende a sector de Begene, região de Cacheu, reafirmaram a confiança política no deputado do Partido da Renovação Social, Adulai Sow como cabeça de lista para o referido círculo nas próximas eleições.

Imagem Ilustrativo
Em encontro que mantiveram hoje com a Direção Superior do PRS, Caramó Seidi, em nome dos anciões do Circulo 19, enalteceu o desempenho do deputado Adulai Sow em prol da diminuição das carências que enfrenta a população local.

“Nós, representantes de mais de cem tabancas que compõem o Circulo Eleitoral 19, decidimos deslocar até a capital Bissau para não só elogiar a Direção dos renovadores pelo bom trabalho que está a fazer bem como pedir a recandidatura do deputado Adulai Sow naquela localidade nas próximas eleições legislativas”, disse.

Caramó Seidi afirmou que falaram na qualidade de chefes de tabancas e não como políticos e por isso vieram para o encontro com a direção do PRS em defesa do bem-estar das populações locais.

Em resposta às preocupações dos anciões do Circulo Eleitoral 19, o deputado Adulai Sow disse que embora está um pouco decepcionado com os resultados que o PRS alcançou durante a 9ª legislatura naquele círculo,  não deixou de ter presença permanente em todas as atividades desenvolvidas em apoio ás populações locais.

“Esta vossa iniciativa é o resultado de uma reflexão do todo o sector de Begene, tendo em conta os resultados que temos estado a registar, não só como deputado mas também como filho daquele sector”, sublinhou.

Adulai Sow disse que vai arregaçar as mangas para corresponder as expectativas dos populares de Begene , acrescentando que  basta de votos desperdiçados nas pessoas que nada fizeram para o desenvolvimento de Begene.

Por sua vez, o Presidente do Partido da Renovação Social, Alberto Nambeia afirmou estar satisfeito com o pedido dos anciões de Begene para a recandidatura do deputado Sow naquele círculo eleitoral.

“Quando um pai tem um filho que destaca no seio dos outros tem motivos para  se estar satisfeito”, disse Nambeia.

O líder dos renovadores disse que a direção do partido vai satisfazer o pedido dos anciões do Círculo 19, indigitando Adulai Sow como seu candidato ao deputado para aquele círculo.
O Partido da Renovação Social foi o segundo mais votados nas eleições legislativas de 2014, obteve 48 deputados . 

ANG/ÂC//SG

Manutenção da Paz


Estado-maior General das Forcas Armadas capacita militares para futuras missões 

Bissau, 14 ago 18 (ANG) – O Estado-maior General das Forças Armadas (EMGFA) iniciou hoje uma formação de 4 dias, aos militares guineenses, no domínio da manutenção da paz no exterior.
Imagem Ilustrativo

 Na cerimónia de abertura do referido seminário, o chefe da divisão de Acções Cívicas, Assuntos Socias e Relações Públicas no  Estado-maior General das Forcas Armadas, Albertinho Cuma disse que o respectivo seminário serve para instruir os militares sobre a forma de comportar e agir perante a população do local em que a missão está a ser comprida.

De acordo com Cuma, o país esteve fora da manutenção da paz há vários anos devido à algumas situações que o país viveu, mas que devido aos esforço demostrados pelo Estado da Guiné-Bissau foi possível mudar a situação para permitir que as nossas forças armadas voltem a cumprir missões de manutenção da paz no estrangeiro.

“Para tal, é pertinente instruir toda a unidade militar do nosso país, para estarem cientes da nova forma da manutenção da paz aplicada em quase todo o país do mundo”, disse Cuma.

Por seu turno, o Concelheiro Militar de Gabinete Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da paz (UNIOGBIS) Roubem Mendes Costa Neto reiterou que o  seminário visa capacitar os militares guineenses para se enquadrarem no sistema que as Nações Unidas (NU) utilizam durante a manutenção da paz.  

ANG/LLA//SG



Direitos Humanos


Fernando Gomes orgulhoso com trabalho da Liga  ao longo dos 27 anos de  sua existência

Bissau, 14 Ago 18 (ANG) - O fundador e primeiro presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos(LGDH), Fernando Gomes, mostrou-se orgulhoso com o trabalho feito por essa organização ao longo da sua existência.

O rigojizo de Fernando Gomes foi manifestado através de uma carta à que a ANG teve hoje acesso, feita no quadro das comemorações dos 27 anos da Liga cebrados no domingo.

"Como um dos membros fundadores da Liga, só tenho motivos para me orgulhar de ter sido o pioneiro deste grande projeto, da equipa e do trabalho que tive o privilégio de dirigir Do trabalho que tenho visto crescer e frutificar pelos os que se seguiram, como é o caso da atual direção da Liga constituída  por jovens quadros competentes" ,refere a carta.

Fernando Gomes afirmou que os  inúmeros problemas, sacrifícios e dificuldades que os dirigentes e membros da Liga enfrentaram ao longo destes 27 anos, serviram  para fortalecer as convicções dos seus dirigentes e membros sobre a necessidade de lutarem pelo respeito dos Direitos Humanos. 

Chamou a atenção aos dirigentes e membros da LGDH de que as dificuldades, sacrifícios e muitas vezes riscos de vida e de integridade física, perda de liberdade, apenas serviram para fortalecer a convicção e a determinação dos defensores dos Direitos Humanos. 

Fernando Gomes disse ainda que a valentia, ousadia e certeza das lutas que a Liga abraçou há 27 anos têm caraterizado a forma como a atual direção abraça as lutas atuais, neste percurso difícil de trabalho na área de Direitos Humanos.

"Então, tal como hoje, colhemos muitas rosas, mas que apesar da beleza e perfume, nunca deixam de ter espinhos", salientou.  

ANG/DMG/CP//SG